Evolução

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Meus exercícios físicos

Meninas... eu sempre odiei fazer exercícios!

  • Quando estava no colégio, eu inventava qualquer coisa pra não fazer as aulas de Ed. Física. O que ganhei com isso? Um hábito sedentário que eu achei que era irreversível.

  • Há mais de 10 anos atrás, quando conheci os Vigilantes do Peso e emagreci quase 20kg em 1 ano e meio de “engorda-e-emagrece” eu sequer caminhava na rua! O que ganhei com isso? A idéia de que era possível emagrecer sem nenhum exercício.

  • Há 1 ano e meio atrás, quando decidi voltar aos Vigilantes do Peso e emagrecer com saúde e pra sempre, eu resolvi me matricular em uma academia para fazer musculação e esteira com uma amiga. O que ganhei com isso? Emagreci sem muitos ‘altos e baixos’ e me transformei em uma dependente de atividades físicas!
Pois é... eu pensei o seguinte: quando eu tinha só 21 aninhos tive apoio do meu metabolismo novinho e tals. Mas agora, passado dos 30, ficaria ainda mais ‘molenga’ do que já estava (efeito sanfona de várias dietas ao longo da vida) e seria muito difícil perder peso.
Como não gostava de academia (e era preconceito meu, por ser gordinha e achar que todo mundo ficaria me olhando, me analisando, rindo de mim porque eu suo pra caramba), eu resolvi fazer musculação às 7h da manhã, que era hora que a academia estava vazia. Quando começava a lotar, eu me mandava embora.
Nesta primeira academia, tive o apoio inicial de uma amiga que adorava malhar (mas que me abandonou depois dos primeiros meses por problemas pessoais) e da instrutora que mudava meus treinos com freqüência, me estimulava e estava sempre conversando comigo. Porém o horário dela mudou e eu não podia ir à academia no meio da tarde! A essa época já tinha começado a experimentar aulas: ginástica localizada e body combat com uma professora muito animada e que me fazia gostar das aulas. Também já havia emagrecido bastante e não tinha mais vergonha de enfrentar a academia mais cheia...
Porém a academia não tinha muitos atrativos e eu já começava a ‘matar aulas’ direto. Veio o final do ano de 2008 e eu acabei quase abandonando a academia mesmo ela estando paga até fevereiro de 2009. Digo ‘quase’ porque eu sentia necessidade de ir. Meu corpo pedia pra eu me mexer.
Em março deste ano eu mudei de academia pra uma bem pertinho do meu prédio: é só virar a esquina, não precisa nem atravessar a rua! Desse jeito, em dias de chuva, de frio, de calor (de qualquer outra desculpa que eu pudesse me dar), eu não tenho escolha: vou lá e pronto!
Peguei a tabela de horários e encaixei as aulas de localizada e body pump (pra combater a flacidez, já que perder peso não é mais a prioridade, mas continua sendo objetivo) e coincidentemente as aulas são dadas pelo mesmo professor/dono da academia (que é um amor de pessoa). Como trabalha há muito tempo com mulheres e sabe dos nossos dramas, ele vive dando dicas de exercícios, de alimentação, de saúde, o que é muito bom. E ele cobra presença! Assim, até quando dá preguiça, eu 'me obrigo a ir'. Porque ele pergunta: por que não veio? hahahahaha...
Infelizmente não posso fazer as aulas de body combat por incompatibilidade de horários, mas quando sobra um tempinho eu faço esteira (caminhada e corrida) ou RPM.
Em março eu fiz uma avaliação física completa com a fisioterapeuta da academia e ela me mandou por e-mail os resultados (a outra nem tinha isso, era só pesagem e medidas e a ficha ficava lá). Semana que vem tenho a próxima avaliação (quarta-feira) e vou poder comparar os resultados. Como estou muito mais empolgada com os exercícios, acho que vai ter mudanças sim!!!
Por isso esse post imenso meninas. Acreditem: é possível gostar de se exercitar e ‘viciar’ na sensação que os exercícios proporcionam. Eu sou a prova viva e emagrecida disso!
Mexamo-nos, pois!
=)
PS: tô chegando do RPM. Vou almoçar. Beijos a todas.

13 comentários:

Gordinha?Nunca mais - Ex-gordinha

Uhuuu flor, to com tendinite de tanto digitar ! mas tinha q comentar haahahaha, concordo em genero numero e grau !bjusssssssssss

Sammy Leilane

pior que exercicios viciam, to desde segunda sem em exercicitar por causa da gripe e do machucado na boca e não to aguentando mais!!!!!! bjus uma ótima quinta!

ٷՅiα

Ieehh!! Começando a acompanhar o blog por indicação da Ci. ^^
Já eu sempre fui hiper ativa! Aliás, conquistei algumas lesões nos joelhos por conta do excesso descontrolado. x.x
Continuo amando me exercitar até hoje, mas agora com consciência. =}

line

tomara que futuramente eu possa entrar numa academia. enquanto isso vou usando a criatividade em casa né ! rs . quem fica parado é poste rsrs . saiba que teu blog é uma motivaçao pra mim . beijos

Suzi

Concordo e assino embaixo!

Mirian

Olá! Sabe gostaria muito de frequentar uma academia, ter essa obrigação, mas aqui em minha city não tem academia...acredita???

Há anos estão construindo uma mas até agora nada, mas mesmo assim me viro em casa a base de DVD e muita, mas muita força de vontade mesmo...heheh!

Mas adoro, mesmo morta depois da aula a sensação de dever cumprido é um presente, que só eu posso me dar!

Bjocas e um ótimo findi!

Anne Costa

Mary eu acho que tudo é questão de criar hábitos.
Eu também não tinha paixão por atividades físicas,musculação eu sou meio preguiçosa,mas quando estava na academia não faltava um dia,ás vezes eu ía de sombrinha,mas ía.rsrs
Uma coisa que me dá prazer são as caminhadas,estas eu aprendi desde a primeira vez que precisei emagrecer e sempre que possível faço.
Mesmo que eu não tire minha horinha pra caminhar,se preciso sair vou a pé,ás vezes o percurso é longo,mas vou.rsrs

Continue com este vício,porque é um vício bom.rsrs


Beijos e um ótimo final de semana!!!

Crizzz

Eu falo para todos que se fosse moçinha ninguem me segurava.
Eu conheci a academia com 42 anos e hj estou com 45 anos.
AAAAAA se eu tivesse meus 18 anos. Com os 45 e doente eu faço coisas que até eu duvido.
Sou viciada em Body Comabat!!!!!
Bjs

Ana Maria

Na escola é difícil mesmo gostar de educação física. Em uma escola que estudei, era só vôlei e em geral são raríssimos os professores que estão preparados para entender crianças e adolescentes que têm por exemplo, problemas respiratórios. Eles partem da ideia de que todos os 30, 40 alunos têm a mesma resistência. Talvez só em escolas muito caras tenham atividades físicas direcionadas a cada tipo de aluno.

Hoje em dia eu adoro exercícios físicos, já é um hábito, nem imagino os meus dias sem caminhadas, pedaladas, etc. Se nos tempos da escola tivesse ergométrica ou qualquer coisa mais adequada para mim, provavelmente eu teria começado a gostar desde cedo.

Juliana

EU NO MOMENTO NÃO ESTOU PODENDO FAZER ACADEMIA, QUERIA TANTO, MAS....
CONCORDO COM VC, ESTA CERTÍSSIMA É POSSÍVEL SIM!
BEIJOS E UM ÓTIMO FINAL DE SEMANA

Engenheira Dietética

kkkkkkkk obrigada pela musiquinha de niver, vc eh uma graça! beijos!

Gabriela

Oiiiiiiiiiiiiiii lindaa...compartilhamos das mesmas coisas de infancia...eu tb fugia da ed fisica...tb achei q seria possivel emagrecer sem atividade fisica....e me matriculei numa academia
kkkkkkkkkkk....
é isso ai...
Beijos

Ellis

Concordo contigo!
Exercícios realmente viciam, principalmete qd começar a fazer resultado.
O importante pra nao desanimar é ter sempre alguém te incentivando na academia mesmo, se não não dá.
A academia as vezes desanima só de ver tanta gente magrinha passeando por lá e agente suando pra conseguir o resultado.

Boa sorte sempre!
Bjs

Minha Escolha   © 2008. Template Recipes by Emporium Digital

TOP