Evolução

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Tem Remédio?

Meninas, ontem andei lendo em alguns blogs sobre a utilização de remédios para perder peso. Minha opinião: sou contra!

Meus motivos:
1. já usei vários e mesmo perdendo algum peso, acabei engordando novamente (até mais)
2. vários efeitos colateais no humor, no sono, no intestino
3. não ensinam a comer direito
4. substâncias químicas não podem ser usadas a vida toda e o que se pretende é permanecer magra, né?!
Pra mim o melhor remédio para emagrecer é o próprio emagrecimento. Emagrecendo, aprendemos o que é certo e o que é errado. E perdendo peso, nos empolgamos para continuar no caminho dos tijolos amarelos (como a Dorothy do Mágico de Oz).

Porém, para não deixar somente a minha opinião, selecionei uma matéria para compartilhar com vocês.

Os Perigos do Uso de Medicamentos para Emagrecer
A obesidade é considerada uma doença crônica que se instala de forma lenta e progressiva no organismo através do acúmulo de depósitos de gordura normalmente, associado a uma ingestão calórica excessiva e à baixa atividade física

Do mesmo modo, que a obesidade demora para aparecer, o seu tratamento também exige tempo para a obtenção de resultados permanentes e que não comprometam à saúde.
Por não compreenderem esse processo de perda lenta de peso e desejarem uma solução rápida e fácil para o problema, algumas pessoas acabam fazendo uso de medicamentos, importando-se apenas com a perda de peso e não se dando conta das conseqüências do uso inapropriado de tais substâncias.
Como todo medicamento, os utilizados no tratamento da obesidade também devem ter a indicação e a supervisão de um profissional especializado, não devendo ser usados indiscriminadamente, mesmo porque o tratamento medicamentoso da obesidade somente é recomendado em casos especiais como, por exemplo, quando a obesidade está associada a outras doenças (hipertensão arterial, diabetes mellitus, doenças cardiovasculares, colesterol sangüíneo elevado). Além disso, é bom ressaltar que os resultados só serão satisfatórios e definitivos, se houver a associação do medicamento com planejamento alimentar e exercício físico. Caso contrário, a tendência é voltar ao peso antigo, com a suspensão do uso.
Quem quer realmente emagrecer deve ter em mente que a luta contra a obesidade implica em superar as dificuldades, não permitindo que os empecilhos acarretem em desânimo e falta de motivação.
Os obstáculos não podem fazer da perda de peso uma meta inatingível. A disciplina, a força de vontade e a determinação devem estar sempre presentes para que o objetivo tão esperado, de conseguir chegar no peso desejado, seja alcançado.
Para quem está seguindo um planejamento alimentar com o intuito de perder peso, resistir a um doce oferecido por um amigo ou a uma pizza com a família no final de semana parece uma tarefa árdua. No entanto, é importante saber que a restrição é por tempo limitado até a meta ser atingida. A partir daí, o consumo poderá voltar ao normal, desde que a pessoa tenha aprendido a se satisfazer sem precisar mais exagerar na quantidade.
Abaixo, estão relacionados os tipos de medicamentos mais utilizados no tratamento da obesidade, divididos por categorias, de acordo com a ação no organismo e os efeitos colaterais por eles causados, para você ficar informado sobre o assunto.


_____________________________________________________

Desafio Musical:
 

Dia 09 - Una canção que te faz adormecer.

Upside Down (Jack Johnson). Por quê? Experimenta ouvir ela deitadinha na cama e me diz a razão!



Dia 10 - Uma canção da sua banda favorita.

Dia 11 - Uma canção que ninguém esperaria que gostasse.

Dia 12 - Uma canção que te descreve.

Dia 13 - Uma canção do seu álbum favorito.

Dia 14 - Uma canção que ouve quando está zangada.

Dia 15 - Uma canção que ouve quando está feliz.

Dia 16 - Uma canção que ouve quando está triste.

Dia 17 - Uma canção que você quer que toque no seu casamento.

Dia 18 - Uma canção que você quer que toque no seu funeral.

Dia 19 - Uma canção que te faz rir.

Dia 20 - A sua canção favorita deste último ano.

8 comentários:

Suzi

Concordo plenamente!O remédio pode até ser o caminho mais fácil,mas certamente o emagrecimento não será efetivo.
O único caminho definitivo é a reeducação alimentar, aprender a comer direito.
O melhor remédio para quem quer emagrecer e continuar magra é um belo chá de vergonha na cara! kkkk
Eu ando precisando desse cházinho, viu...

angeli

eu tbm sou mto contra a remédios!
nao nos ajdam, soh mascaram a gordura por um curto periodo!!

bjos!

Dani

Oi minha querida

Tb sou contra.
Nada como a boa e velha R.A, sempre ;D
bjinhus

Lays

Nossa sou totalmente contra tbm já fiz tantas dietas malucas e já tomei remédios resultado engordei o dobro do que perdi, agora com a RA estou me reencontrando de novo.

Daily Cris

Tambem concordo! Ja fiz uso de medicamento e foi o seguinte... usei Desobesi - perdi 30kg (fiquei com meu corpo ideal) Mas ai fui engordando e recuperei novamente os 30 kg (blargh!). Tomei uma caixa de Xenical e nao fez efeito nenhum. A mesma coisa com Sibutramina! Ou seja, no meu caso nao surtiu muito efeito nao...

Beijinhos!

Kellen Guizella

Lindona, pois é quanto tempo sim kkk também já usei rémedios e sou contra também, emagreci até agora só na academia e comendo de boa...bj e força

Gisele

Ah MAzry eu quse morri com uma crise de hipertensão por causa da sibutramina!!!

O jeito é somente se reeducar!

bjs!

Yuka

olá!

Hmmm. tbém adoro integral e vou provar esse raris!!!

viu.... evito até remédio pra dor de cabeça,... imagina esses!!q são as verdadeiras drogas!

bjs

Minha Escolha   © 2008. Template Recipes by Emporium Digital

TOP